sábado, 10 de abril de 2010

L'expression de la cause

Uma ideia de causa pode ser introduzida por:


  • Parce que/qu' + verbo no modo indicativo: "Parce que" é uma locução subordinada. Responde à pergunta formulada com o pronome interrogativo "Pourquoi?". Esta expressão pode situar-se no início ou no meio de uma frase.

Pourquoi lis-tu ce magazine?

Parce que j'aime les thèmes scientifiques.

  • Car + verbo no modo indicativo: "Car" é uma conjunção coordenativa sinónima de "parce que". Esta expressão nunca surge em início de frase, nem pode responder à pergunta formulada com "Pourquoi?".

Marie est très contente car elle est admise à cette université.

  • Comme + verbo no modo indicativo: "Comme" é uma locução subordinada com a qual se indicam as razões de uma acção, de um facto. Surge sempre em início de frase.

Comme elle est solidaire, elle aide les autres.

  • À cause de/du/de la/de l'/des + nome / pronome: o sentido desta expressão é frequentemente negativo.

Je ne sors pas à cause de la neige.

  • Grâce à/au/à la/à l'/aux + nome / pronome: esta expressão exprime uma causa positiva.

j'ai réussi mes examens grâce à mes études.

Exercícios:

Faz o download do documento seguinte para resolveres exercícios sobre esta matéria:

http://www.sendspace.com/file/964f6r

12 comentários:

Anónimo disse...

muito bom ajudou-me imenso *-*

Anónimo disse...

muito bom mexmo agora percebi tudo
remercie

Anónimo disse...

Muda a cor das letras ou então o fundo, pois há algumas palavras que não se entendem.
Obrigado.

scot disse...

obrigada ajudou me imenso

Anónimo disse...

Está um espectáculo.
Este blog esclareceu-me algumas dúvidas e deu-me algumas dicas para perceber melhor!

Anónimo disse...

Explica melhor que a minha professora de francês... Parabens está muito bom.

Angel disse...

Olá! Gostei muito do material, bem didático. Há ainda algumas expressões de causa que podem ser acrescentadas como: puisque, etant donné que, en raison de, etc
Eu ainda não entendi em que caso utilisamos as formas "gracê aux", por exemplo, pois no exemplo o non está no plural "mes études" mas se utiliza grâce à.

Abraços!
Meu e-mail é angela_matuerj@yahoo.com.br

Luís Cansado disse...

Olá Angel! Tem razão e pode prestar alguma confusão, mas se reparar antes do nome (études) tem o "mes" que é um determinante possessivo. Visto que antes do nome temos um determinante, seja de natureza for, o "à" de grâce à não se altera. Agora supanhamos que não estivesse lá o "mes"... Veja este exemplo:
Son ordinateur est réparé grâce aux techniciens.
"techniciens" é o nome que se encontra no plural, mas não tem nenhum determinante antes. Logo o "à" deverá concordar com o número em que se encontra o nome. Espero ter respondido à sua dúvida!

Anónimo disse...

Muito bom estava com um bocado de dificuldades e isto ajudou-me imenso...

Anónimo disse...

Apesar de saber isto tudo! ahah. É bom sempre rever :D

Anónimo disse...

Concordo cm a mundaça do fundo ou da cor das letras mas o resto esta um espetáculo. Vou ter teste de francês na próxima segunda feira e vai sai mais a expressões de causa. Obrigada, isto ajudou mto :)

André disse...

Muito bom deivia fazer mais blogues do seu género. Está de parabens:D